sexta-feira, 15 de agosto de 2014


SOLIDÃO CONSENTIDA

Muitas vezes, em momentos mil da minha vida,
tenho preferido ficar sozinha com minha poesia, 

minha imaginação a serviço da minha inspiração....

Poucas vezes, dentro dessa reles solidão consentida,
tenho conseguido contemplar melhor companhia,
para um frágil, sensível, sincero, sofrido coração...

É sinistro, possuo sentimentos, por contrapartida,
tenho percebido algum alento em exemplar maestria,
quem sabe, a saída dentre minha razão e emoção...

Não vou esconder, almejo por alguém ser acolhida,

tenho um coração carente, e sozinha na ventania,
fui abandonada deliberadamente, falsa distração...

Vannessa Adriana Butterfly

Um comentário:

OBÁ OMÍ disse...

QUERIDA VANESSA CONSEGUISTE EMOCIONARME COM TUA POESIA, PROFUNDO COERENTE COM SENTIMENTOS
OBRIGADO POR SUA VISITA EM MINHA PAGINA NO RECANTO DAS LETRAS,
ME LEVASTE AS LAGRIMAS COM TEUS COMENTÁRIOS, PURA EMOÇÃO AO VER QUÊ TU CONSEGUISTE CAPTAR O QUÊ EU QUIZ DIZER COMO POUCAS PESSOAS JÁ O FIZERAM, MUITO OBRIGADO DE CORAÇÃO, ESPERO ANSIOSO POR MAIS VISITAS E MAIS COMENTÁRIOS INSPIRADORES DE SUA PARTE, TENTEI DEIXAR COMENTARIOS EM SUA PAGINA E NÃO CONSEGUI, ESPERO TER MAIS CONTATO CONTIGO MINHA QUERIDA, MEU E_MAIL É obaomideyemanja@hotmail.com beijos em seu coração
MAYKEL ANDREOLI.