domingo, 27 de julho de 2014

GRITO DO SILÊNCIO 

Há tempos, grita em mim
um silêncio ensurdecedor...
Sei lá, uma avalanche com
ruídos mudos, algo assustador...
E, quem sabe, disso consigo
retirar o melhor, algo redentor...

Me veio um breve sussurro:
escrever é um bem libertador...
E, eu quero correr esse risco,
que me parece enriquecedor...
Palavras que alcancem pessoas
como um bom abraço acolhedor...

Vannessa Adriana Butterfly