quinta-feira, 1 de agosto de 2013


LAÇOS OU NÓS?

Às vezes sentimo-nos envoltos em Laços
invisíveis, mas totalmente perceptíveis
com ótimas pessoas, ligados por amor,
carinho, afeto, respeito, compreensão.

E, infelizmente, muitas vezes, nem
percebemos que estamos envoltos
em NÓS que nos prendem de forma
totalmente ilusória, e bem dolorida.

Em um amor que nunca existiu, mas
muito nos iludiu em sonhos que não
passam de pesadelos, em entregas,
movidas por completos interesses.

Precisamos ter consciência de que
devemos nos desfazer dos NÓS que
nos prendem às pessoas que não se
importam se fazem mal à nossa vida.

Precisamos criar LAÇOS com pessoas
que nos fazem bem, que nos são sinceras,
que nos acrescentam muitas coisas boas à
nossa vida, que ornam nosso coração e alma.

É evidente que há grande diferença entre
o NÓ e o LAÇO, um aprisiona, e o outro
enfeita, então, façamos a escolha do que
pode melhor nos segurar e sustentar na vida.

Queremos algo que nos prenda, ou que nos
acrescente beleza? Será que é melhor termos:
o NÓ nos prendendo em segurança prisional, 
ou o LAÇO nos ornando em liberdade condicional?

Vannessa Adriana Butterfly