quarta-feira, 31 de julho de 2013


CORAÇÃO BLINDADO

Sinto-o deveras iludido, ferido, violado
Por pessoas de corpos bem devastados

E por ausências de sentimentos ou almas
Não se importam em feri-lo em suas palmas

Vannessa Adriana Butterfly


MUITAS PALAVRAS, 
POUCOS SENTIMENTOS

Rasgaram todos meus sonhos,
Rasuraram a minha esperança.
Eu não sei se há como apagar,
Ou como pagar uma boa fiança.

E isto, muito me entristece
Pois já nem sei se compensa
Já não espero recompensa
Por escrever algo novamente.

Pessoas tão ricas de palavras,
Mas de sentimentos tão vazios.
Infelizmente, me parece que só
Ecoam de seus corações o vazio

Sempre tantas leituras, porém
Várias interpretações analfabetas.
Olhos tão cegos, e mentes que querem
Só o que lhes interessam como metas.

Vannessa Adriana Butterfly

FOLHAS AO VENTO

Por vezes permito-me ser 
uma folha solta ao vento,
acreditando que em certos 
e mui preciosos momentos
precisamos nos soltar bem...

Permitindo que o bom vento
da vida nos leve a muitos
bons lugares inimagináveis
para adquirirmos muitas 
experiências inestimáveis...

Vannessa Adriana Butterfly

TUA MELHOR NOITE
 
Permita nesta noite o imponderável tempo
encontrar belos sonhos em teu pensamento...
É certo dele sempre estar a serviço de Deus,
mas desconhece quando é o exato momento...

Simplesmente passa os ponteiros em rotação,
como o tic-tac do relógio de tua sala de estar...
Serenamente, mas sempre ignorando a emoção
que em teu sentimental coração está a morar...

Não espere muito dele, pois ele nunca imagina
o que passa em tua livre e mui confusa mente...
Aproveite a excelente oportunidade divina ,
se permitindo ser a folha que cai suavemente.

Acredite, o vento sempre te dará a direção,
te levará mais leve a percorrer a imensidão...
Generoso, te livrará de voar na contramão,
sendo assim  melhor será para o teu coração...

Em noites escuras você contará com o luar,
e as estrelas a brilhar, o teu caminho iluminar...
E do teu sonho mais contido, um firme pedido,
com o coração contrito finalmente se realizar...

E com muita serenidade, saber bem aproveitar
para que esta seja a tua noite de viver e de amar.
Permitindo que teu coração novamente de criança
consiga os teus anseios especialmente comandar!

Vannessa Adriana Butterfly

 
  

BORBOLETAR

Resolvi não esconder o que sinto.
Quanto o mundo me maltratou!
Desiludi e quase desisti, mas pressinto:
A vida é muito mais do que me restou.

Vejo que as janelas, novamente, estão abertas.
Redescubro através delas, minhas asas libertas.
Uma nova oportunidade de voar ao mundo.
Da minha vida recomeçar por um outro rumo.

Vannessa Adriana Butterfly