quarta-feira, 20 de março de 2013

20 DE MARÇO, MEU ANIVERSÁRIO

Eu estou completando mais um ano de vida, e eu quero desejar, a mim mesma, muitas felicidades, pode parecer estranho, mas, é o que, verdadeiramente, me ocorre no momento.

Sei lá, afinal são poucos anos de vida para tantas coisas vividas, tantas dores experimentadas, tantas perdas irreparáveis, já chorei muito, já sofri demais, me desiludi inúmeras vezes e me decepcionei outras tantas.

Não que eu não tenha experimentado momentos de saúde, paz, amor, harmonia, felicidade, união, carinho, sorriso, sonhos concretizados, amizade, companheirismo e tantos outros mil bons sentimentos, e momentos.

E é por todos esses momentos, e tantos outros motivos que eu me desejo o melhor dessa vida, quero, sinceramente, que a vida comece a me presentear desde já, afinal, dizem que dia do aniversário é dia de ganhar presentes, desejo, então, que meus sonhos, metas e objetivos sejam todos compreendidos, e possivelmente realizados e satisfeitos!

Da minha família, eu quero amor incondicional, da pessoa amada, a dedicação e admiração necessária, dos grandes amigos, a afeição, e dos amigos distantes, as ótimas recordações, quero nesse dia, e em todos os outros que se seguem, que todos me visitem ou ao menos me telefonem, escrevam, que não se esqueçam não apenas nesta data, mas, principalmente, de mim em qualquer outra época do ano.

Quero que o meu interior alcance a paz tão almejada, que a minha fé nunca seja abalada, minha esperança nunca desvanecida, que o espírito de menina continue vivo em mim, e que pela pessoa adulta que sou, o meu comprometimento com a vida, e as pessoas, jamais termine, e que nunca me faltem a razão, a emoção e a inspiração.

E, sobretudo, que Deus continue ao meu lado, iluminando o meu caminho, realizando os meus sonhos e fazendo-me feliz, não só neste meu aniversário, mas em todos os outros dias, semanas, meses, anos que, por ventura, ainda me restam, e que Ele não permita que nada e nem ninguém me impeça de ser feliz. Que Deus realize, também, os sonhos Dele na minha vida, que, com certeza, são maiores e melhores que os meus.

FELIZ ANIVERSÁRIO para mim, afinal, eu quero, eu preciso, eu mereço e estou em busca de grandes realizações.

Vannessa Adriana Butterfly
O DIA DO MEU ANIVERSÁRIO É, NO MÍNIMO ESTRANHO... 

Dias antes, no próprio dia, ou dias depois do meu aniversário, inevitavelmente, eu me coloco a pensar em tudo que essa data significa para mim, é um misto louco de sentimentos quase inexplicáveis: nostalgia, euforia, tristeza, alegria.

Não sei por que, quase sempre, no dia do meu aniversário, tenho vontade de me esconder dentro do armário. Por mais que eu me esforce, eu não compreendo muito bem o por que das afeições somente uma vez, um dia a cada ano. Não pense que é questão de carência, ou de egoísmo. Eu só não entendo mesmo o porque de tantos se voltarem para mim com tanta atenção, uma única vez ao ano.

Embora eu receba muito carinho nesse momento, não deixa de ser um dia estranho para mim. Sabe, eu me emociono com cada recadinho, cada e-mail, cada ligação, me alegro com as presenças, sejam físicas ou emocionais, fico muito feliz, embora um pouco sem graça, ao receber os presentes, me divirto com as brincadeiras, valorizo bastante o esforço de cada um para fazer daquele momento, um momento especial para mim, mas fico a pensar: Quem me dera metade desse afeto ao menos uma vez por mês, para, assim, amenizar, de vez, cada tristeza escondida no meu ser.

Mas já me acostumei com a ideia de que mesmo que essas pessoas não estejam presentes de alguma forma nos proximos 364 dias, ficará a doce lembrança de que para elas em algum momento eu cheguei a ser lembrada como um alguém especial... E tendo isso no meu coração, eu terei bons motivos para conseguir amenizar a tristeza que se esconde no meu ser... E, muitos outros bons motivos para me sentir mais feliz, um novo ser num ser já existente, em busca de ser alguém bem melhor a cada dia!!!

Fazermos aniversário, será uma chance de percebermos que os anos passam e não voltam mais? Que não teremos mais a chance de sermos crianças, novamente, sem preocupações, vivendo muitos momentos lúdicos? Que a nossa adolescência foi embora tão rápido, assim como tem passado todos os dias da nossa vida? Que a nossa juventude está passando sem que consigamos cumprir muitas das nossas metas, e realizar muitos dos nossos sonhos? Ou, que a velhice está por vir, sem muitas expectativas?

Bom! Aniversário se apresenta como um Ano Novo, particular de cada um, é um momento certo para pararmos e pensarmos o que podemos fazer para mudar o que está ruim, e também de nos sentirmos gratos por cada dificuldade superada e por cada dádiva alcançada.

Fazermos aniversário pode ser uma chance de aprendermos mais, com novas lições, vivenciar outras dores e suportar velhos problemas, sorrir novos motivos e chorar outros, é amadurecer, um pouco mais, e olharmos a vida com uma ótica diferente, um novo prisma e com novas percepções.

E, ainda assim, pensando no quanto seja estranho aniversariar, vamos tentando continuar vivendo mais feliz que triste, ano a ano, dia a dia, aniversariando mais uma vez, outra e sempre, até o último suspiro da nossa existência, apagando velinhas para que nasçam estrelas, proporcionalmente, para iluminar a nossa vida.

Vannessa Adriana Butterfly