terça-feira, 7 de fevereiro de 2012


 UMA LIÇÃO DA VIDA 

A vida me lembra, sabiamente, cada novo dia,
Que ela é efêmera, e para não se tornar vazia
Eu devo aproveitar bem, a cada novo instante,
Como se fosse presente raro, sempre radiante.

Que eu preciso cuidá-la como de um brilhante,
Ladrilhá-la, tornando-a pública ao semelhante
E apresentá-la como bom exemplo de verdade,
Sem deixar de ser fiel à minha autenticidade.

Arestas devo aparar, sendo eu mesma a lapidar
Não posso, nas adversidades, chegar desanimar
Preciso moldá-la do jeito que eu melhor escolher,
Para eu alcançar a melhor maneira do bem viver.

Vannessa Adriana Butterfly