quinta-feira, 22 de setembro de 2011

LIBERDADE!!!
SOU BORBOLETA E VOU VOAR

Para mim, a vida começa, 
novamente, a se apresentar.
Sinto, então, que já não há 
mais tempo de me esquivar.

Sei que preciso sentir a brisa 
do mar, minh'alma refrescar.
E, levemente, do calor do sol, 
para meu coração esquentar.

Quero ir além do horizonte, 
poder bem longe percorrer.
Tendo plena consciência dos 
riscos que posso e vou correr.

E, às muitas agruras da vida, 
eu não quero, e não vou temer.
Sei que nem tudo serão flores, 

mas, perseverança eu vou ter.

Certezas eu adquiri, por todo 
o longo caminho que eu percorri:
Dos néctares das flores, preciso

 me alimentar para força adiquirir.

Consciência, eu tenho, de que, 
ainda que eu precise muito lutar
Nem por cordéis invisíveis, nem
por laços, deixarei me acorrentar.

Lição, especialmente, maravilhosa
aprendi: Devo, sempre, aproveitar
O calor do sol, a brisa do mar, 
o sopro do vento, o lindo luar.

Tudo que há de bom em mim, quero
conservar, e a liberdade vou usar.
Ah! Sou uma livre BORBOLETA: 
Preciso, quero e vou voar.

Vannessa Adriana Butterfly