terça-feira, 21 de junho de 2011


TEMPO: SENHOR DA RAZÃO.

O tempo pode ser o senhor da razão sim, pois muitas vezes precisamos dele para repensar nossas atitudes, para termos uma melhor visão, enxergarmos através de uma outra ótica  as coisas e, a partir daí, termos melhores esclarecimentos. Com o tempo, parece que os pensamentos ficam mais claros, e conseguimos tomarmos decisões mais acertadas.

Acredito que o tempo é capaz de nos ensinar a perceber a vida e a entender muitas coisas pelas quais passamos e na impulsividade do momento não as aceitamos. O tempo nos ajuda a ter um maior discernimento entre a razão e a emoção, e muitas vezes faz com que o nosso coração, mesmo tomado das mais diversas emoções, siga racionalmente um caminho onde encontramos menos pedras e mais flores, apesar dos espinhos.

Não quero, aqui,  falar da generosidade ou não do tempo,  já que quase sempre ele nos falta mais do que nos compensa... Pois é o tempo que nos ajuda a curar as feridas, mas também é o responsável por levar de nós, sem nenhuma piedade, alguns sentimentos, momentos, coisas, pessoas que tanto amamos.

Não são poucas as vezes que levamos tempo demais para perceber nossos erros, e como é bom  e importante ter tempo de repará-los... Alguns erros vão além do tempo e se tornam tarde demais para reparação, e as consequências vêm, mas nunca será tarde demais e nem um tempo perdido para o reconhecimento, e o devido, arrependimento.

Por vezes, é o tempo que nos ajuda a curar, ou ao menos, cicatrizar as feridas que a vida se encarrega de provocar, para que elas nem sejam mais lembradas, ou se cicatrizadas, não sangrem mais... Então, eu acredito que além de ser a melhor das escolas é o mais eficiente dos bálsamos para o nosso coração.

Vannessa Adriana Butterfly